terça-feira, 3 de março de 2009

Infect

Hellow, caros drugies... de volta aqui estou. E meu carnaval foi bem melhor do q o de muitos de vcs, podem ter certeza, pois eu fiz parte da minoria da população que conseguiu se afastar beeeeeeem muito do inferno do axé... uhúúúú!!! \o/  Apesar dos pesares, dos "cheira-gás" e dos chás de zabumba, Guaramiranga ainda é a melhor pedida pra se passar o carnaval. Clima europeu, e umas jam sessions de Jazz & Blues de graça q eu perdi a maioria, é verdade, pq sou muito "white metal", admito... mas é isso aí. Vamos ao post.


Essa aqui é mais uma banda que posso dizer de cum força, do fundo do coração, q faz parte da lista das bandas mais importantes da minha vida. Muito da meu gosto musical e político foi influenciado por essas meninas. O INFECT meio que deu uma impulsionada na minha consciência feminista, que eu já estava criando na época, e era tudo q eu precisava: uma banda de hardcore, que era muito do que eu escutava, formada apenas por meninas, com letras extremamente feministas. Tudo q eu queria!! Eu aaaamei o INFECT desde a primeira vez que ouvi. Ainda lembro da primeira música que escutei: "Todas Temos", do split que elas tem com o Discarga. Liiindo! Em matéria de punk e feminismo, o INFECT, pelo menos pra mim, tá em primeiro lugar e, acredito eu, pra mais uma pá de gente. Pago pau mesmo! E podem falar o que quiserem: que elas não tocavam nada, que a banda era uma farsa... pra mim, INFECT é INFECT e estamos conversados. Só pelo fato dessas meninas terem existido e me influenciado da forma como influenciaram, já está valendo. Letras como "Puta" e "Nesse jogo você deve roubar" são coisas que eu nunca vou esquecer, e vou levar pra minha vida inteira...

Eu sei, eu sei... estou "rasgando seda" demais, mas o que aconteceu foi que eu estava em casa esses dias, mexendo nos meus cds, e reencontrei o "Indelével" de 2003, primeiro e único CD delas, e o split CD delas com o Discarga de 2001, aí começei a escutar, e me deu aquela saudade, sabe??!! Bateu aquela nostalgia...

O INFECT era de SP, e durou 5 anos, de 1998 à 2003. O CD "Indelével" foi lançado justamente quando a banda acabou, e logo depois saiu também em vinil. Vários trabalhos foram lançados pela banda nesses 5 anos, entre eles um split com o Wrecker, por um selo americano, e um 7" chamado "Estrépito", lançado por um selo holandês. A formação da banda era:

Indayara: vocal
Bianca: guitarra (que saiu da banda antes de acabar)
Juliana: guitarra
Tatiana Sanson: baixo (que hoje toca nas -Parallèles - Banda Exceleeeeeeeente, diga-se de passagem...)
Estela: bateria

Então, como eu disse, estava remexendo nos meus CDs, e quando vi o "Indelével", lembrei que tinha em mp3 a primeira demo da banda, que saiu em tape mesmo, em 99. Então, coloquei aqui pra vcs, o "Indelével" + essa primeira demo da banda de 1999. Se vcs, caros drugies, ainda não conheçem, mas curtem um hardcore, daqueles que se convencionou chamar de "fastcore", na linha de SeeinRed, Discarga, e coisas do tipo, pode baixar!!! INFECT é hardcore de primeira linha.


Beijomiliguem...





Rock On, Baby!!!

4 comentários:

3R's disse...

Uiiii
"adedando" é? kkkk
vc é uma figura Leila!!
obg!!
beijos!

Rodrigo disse...

Caraaaio! Quanta coisa, ja baixei algumas (varias na verdade) coisas, e minha vontade eh de vasculhar o blog todo de vez, mas vou ter q ver aos poucos pelo jeito! Tenho descoberto varios blogs tipo o seu, com albuns pra baixar, uma novidade que conheci ha pouco tempo! o seu mesmo, conheci atraves do myspace do barulho de retardado, do pessoal de Aracajú do Renegades. Aliás, uma boa sugestão pra colocar aqui em seu blog. E a comunicação e comentarios sobre os posts, curti 100%... hahaha beeeeem animado! Muito massa o blog, um dia ainda vou ter um! hehe valeeeu!

Liz. disse...

Infect é bão demais!


beijos =**

Luc. disse...

a Bianca toca no Arma Laranja, e a Ju tocava no War Inside - ainda existe?, e a Estela tocava no Dominatrix (!) antes de passar pelo Infect, depois foi pro Macedonia.
a Tati passou por uma pá de banda e hoje tá só no Paralleles mesmo, é lindo não? *-*